5 Motivos Pro Bitcoin Continuar Subindo (Parte #2)

Recentemente, o Bitcoin ultrapassou sua alta histórica em Reais, fazendo uma nova máxima em torno de R$ 78 mil.

Em dólares, a principal criptomoeda já está negociando próximo do importante patamar de US$ 14 mil.

Mas, e agora? Após uma alta de 90% em 2020, será que o Bitcoin continua tendo força para permanecer na sua trajetória de alta?

Há quase 3 meses atrás fiz um vídeo apresentando 5 sinais de que os fundamentos do Bitcoin sustentavam uma forte valorização nos preços.

Nesse vídeo, vou atualizar esses indicadores para saber se continuam sugerindo a continuação desse movimento.

Conheça os indicadores:

1) Stock to Flow Model – Taxa de Escassez

O primeiro deles é o Stock to Flow Model, um modelo que compara o preço do Bitcoin com uma Taxa de Escassez.

Esse modelo busca medir a escassez do BTC e o racional é que, quanto mais escasso, mais ele tende a se valorizar.

O interessante é que ele pode ser utilizado para qualquer recurso escasso como o ouro e a prata, por exemplo.

Então esse modelo calcula o estoque de bitcoins existentes dividido pela quantidade de Bitcoins criados no período de um ano.

A linha avermelhada é o resultado desse modelo e indica um preço de US$ 100 mil por volta de meados de 2021.

Interessante obsrvar que o preço tem seguido o modelo, apesar da forte volatilidade.

2) The Puell Multiple

A métrica de Puell divide o valor em dólar da emissão diária de BTC (número de moedas recém-cunhadas adicionadas ao ecossistema pelos mineradores) e a média móvel de 365 da emissão diária.

Quanto mais baixo estiver esse indicador, maior é a chance de alta nos preços. Quanto mais alto, maior é a chance de queda do Bitcoin.

3) Ondas de Hodling +1A

A onda HODL de mais de um ano que rastreia o número de bitcoins que estão estacionários há pelo menos um ano está em uma nova máxima histórica, como mostra o gráfico.

Quanto mais alto esse indicador, maior é a confiança dos holders de longo prazo e maior é a chance do preço entrar em uma tendência de alta.

4) Reserve Risk

O indicador Reserve Risk nos permite visualizar a confiança entre os holders de Bitcoin de longo prazo em relação ao preço do Bitcoin em um determinado momento.

Quando a confiança está alta e o preço está baixo, a relação risco/retorno está favorável para investir em Bitcoin.

Quando a confiança está baixa e o risco está alto, o risco/retorno não está favorável.

5) Rompimento de resistência importante

O patamar de US$ 14 mil é uma resistência importante tanto nos gráficos diários e semanais, quanto no gráfico mensal.

Esse é justamente o nível de preços de fechamento que marcou o topo de dezembro de 2017.

Nessa época, apesar de a máxima histórica ter sido próxima de US$ 20 mil, o fechamendo do mês foi próximo de US$ 14 mil.

No último movimento de alta, o Bitcoin rompeu uma resistência em torno de US$ 12.400 e começou a negociar, justamente, próximo dos US$ 14 mil.

Isso mostra um forte indício de confiança do mercado em uma alta de preços, aceitando pagar cada vez mais caro pela criptomoeda.

CLIQUE AQUI para assistir o vídeo!

CLIQUE AQUI para acessar o livro Onde Investir Na Crise.

Assista no Youtube clicando aqui: https://youtu.be/O8iECJZdvjE

Conheça meu canal do Youtube:
http://www.youtube.com/c/ArtedaFortuna?sub_confirmation=1

Até mais!

~Guilherme Lacerda.